loader-logo

9 dicas para organizar o Cardápio Semanal Familiar

Planejar com antecedência e elaborar listas faz com que a tarefa de organizar o cardápio semanal familiar seja mais fácil.

Muitos pais ou cuidadores sofrem com a rotina alimentar do dia-a-dia, em como oferecer variedade na alimentação de uma forma simples, descomplicada e sem enlouquecer.

E na verdade, quando pensamos na rotina alimentar, temos uma oportunidade. Quando planejamos com antecedência as refeições da família, nossos filhos tendem a fazer escolhas alimentares mais saudáveis ​​à medida que crescem.

Isso acontece porque fazer um planejamento do cardápio semanal familiar permite que utilizemos nossos conhecimentos sobre alimentação e nutrição para que nossos filhos tenham uma boa chance de fazer uma dieta equilibrada.

No entanto, muitas das famílias com quem converso temem planejar refeições em família. Eles veem isso como uma tarefa árdua. Portanto, aqui apresento 9 dicas para tornar esse momento o mais fácil possível para você e, com sorte, ainda economizar algum dinheiro também!

cardapio semanal familiar

O que é fazer o planejamento do cardápio semanal familiar?

É planejar as refeições com antecedência para você e sua família, geralmente para a semana seguinte. É também comprar com antecedência tudo o que você vai precisar para preparar essas refeições.

Algumas famílias gostam de planejar as refeições da semana inteira, enquanto outras planejam apenas uma parte delas, como o almoço ou o jantar, por exemplo.

Se você já se pegou olhando para a geladeira tentando ter ideias para o jantar ou se costuma ir muito ao supermercado de última hora, esse artigo pode lhe ajudar.

Planejar também vai evitar que você pergunte aos seus filhos o que eles querem para o jantar. Muitas vezes eles não sabem! Pois têm conhecimento limitado do que é bom para eles e, por isso, irão optar pelos favoritos.

Para muitas pessoas, o planejamento de refeições faz com que se sintam mais organizadas e as ajuda a perder menos tempo pensando sobre como responder à temida pergunta “O que tem para o jantar?”

Quais são as principais vantagens de planejar o cardápio semanal familiar?

Nutrição e variedade

Se você já sentiu que está comendo muito das mesmas refeições, é porque… provavelmente está!

Uma grande variedade de alimentos é ótima porque ajuda a obter todos os diferentes nutrientes que você e sua família precisam.

Quando não planejamos com antecedência, geralmente seguimos uma mesma lista de refeições. Isso não só se torna cansativo para todos – mas também menos variedade costuma significar menos nutrição.

Quando você planeja o cardápio semanal da família, isso ajuda todos a obterem a nutrição da qual precisam.

A variedade também ajuda nossos filhos a aprenderem a explorar novos alimentos e a se familiarizarem com uma maior variedade.

Lembre-se de que a criança está sempre aprendendo sobre comida, seja qual for a sua idade.

Reduzir o desperdício de alimentos

Planejar o cardápio semanal da família reduz o desperdício de alimentos, pois tudo o que você tem na geladeira é o que será necessário para as refeições que virão.

Isso significa que menos alimentos serão jogados fora porque não foram utilizados.

Economizar dinheiro

Cozinhar “do zero” é muito mais barato do que comprar refeições prontas para levar “para viagem” ou comer fora.

O planejar com antecedência também nos permite estar mais informados sobre os preços e dessa forma dar preferência aos alimentos sazonais, mais baratos e nutritivos.

Economizar tempo

Embora você precise reservar tempo para planejar, ter um cardápio semanal familiar certamente economizará tempo durante a semana. Você não vai mais precisar se preocupar em pensar todos os dias nas refeições – todas elas já foram pensadas uma única vez, em algum momento da semana. Dessa forma alivia-se a carga mental, pois não são todos os dias que temos inspiração e noutros apenas não gostaríamos de ter que pensar nisso.

Então mãos à obra!

Cardapio semanal familiar 2

9 dicas para fazer o planejamento do cardápio semanal familiar

1. Faça uma lista de refeições que sua família costuma fazer. Isso vai ser um ótimo começo. Pergunte ao seu parceiro e aos seus filhos o que eles também gostam de comer ou o que gostariam de experimentar.

2. Comece aos poucos. Embora algumas pessoas gostem de planejar mais de uma semana de antecedência, comece com uma semana de cada vez. E conforme a sua necessidade, planeje almoço e jantar, só almoço ou só jantar.

3. Comece com o que você já tem em seu freezer ou armário e continue a partir daí. Faça um ‘balanço’ e elabore uma lista do que você já tem. Depois de obter alguns ingredientes-chave, você pode pesquisar as receitas que mais gosta.

4. Procure inspiração online, incluindo sites de receitas, sites de supermercados, blogs, etc. Esses locais costumam ter muitas receitas que agradam a toda família. Também pergunte a amigos e familiares quais são suas receitas favoritas, isso pode servir de inspiração para todos experimentarem novas possibilidades. Descubra quais frutas e vegetais são da estação atual, para economizar dinheiro e ainda ajudar o meio ambiente.

Cardapio semanal familiar 5

5. Pense em nutrição. Nesse sentido, algumas questões podem ajudar:

Quantas porções de cada grupo alimentar vocês precisam durante uma semana?

O que você acha que sua família não come o suficiente?

Geralmente temos a tendência de consumir sempre os mesmos alimentos, por causa do hábito.

Quais vegetais você gosta, mas não come regularmente?

Essa é uma ótima oportunidade de experimentar e inclui-los. É a variedade que ajudará você e sua família a atender às necessidades nutricionais.

Como costuma ser a ingestão de proteínas pela sua família? Vocês têm variado as fontes de proteína?

Carne, peixe, ovos, feijão, lentilha, alternativas vegetarianas como tofu, ou preferem apenas frango e carne?

Com que frequência vocês fazem refeições vegetarianas?

6. Planeje com antecedência. Pense em quais são as atividades de sua família. Se seus filhos vão a outras atividades após a escola, escolha refeições mais simples em dias agitados. E prepare-se para esses dias, quando poderá pegar uma refeição nutritiva e feita em casa já pronta no congelador e simplesmente reaquecer.

Anote onde achar que fica mais fácil para o seu dia-a-dia. Um quadro branco magnético, por exemplo, é um ótimo calendário de planejamento do cardápio semanal familiar e incentiva as crianças a se envolverem também. Você também pode escrever numa folha A4 ou pode baixar o meu gratuitamente aqui e imprimir.

7. Compre com antecedência. Depois de ter decidido suas refeições, será necessário elaborar a lista de compras. Verifique os ingredientes que irá precisar e também o seu armário, para comprar apenas o que realmente está faltando para o cardápio escolhido.

8. Preparação da refeição. Para cada refeição, observe o que precisa ser feito de antemão. Por exemplo, lembre-se de que alguns alimentos precisam ser deixados para descongelar antes de serem preparados. É muito chato perceber que a gente esqueceu de descongelar o frango que vai ser assado inteiro 🙁

9. Pense no futuro. Experimente cozinhar a mais durante o fim de semana ou mesmo dobrar as receitas na hora de cozinhar. Por exemplo, se você vai fazer um molho à bolonhesa, pode cozinhar dobrado e congelar metade. Isso irá lhe socorrer naqueles dias mais corridos, onde uma refeição já pronta congelada salva o jantar.

Basta colocar etiquetas que indiquem quando a refeição foi preparada, a maioria conserva-se bem congelada por cerca de 3 meses.

Cardapio semanal familiar 4

Faça com que o planejamento do cardápio semanal familiar seja divertido!

1. Que tal deixar seu filho escolher um jantar por semana? Provavelmente ele irá escolher sua refeição favorita e então deixe ele ajudar também no preparo. Se você tem mais de um filho, peça que se revezem. Isso ajuda as crianças a se sentirem parte do processo e permite que explorem seu interesse pela comida. Apresente alguns livros de receitas infantis ou sites online para que eles procurem novas ideias.

2. Faça uso das refeições congeladas em casa todas as semanas, para uma refeição em família super fácil. Use algo que você preparou com antecedência ou sobras do início da semana.

3. Tenha noites temáticas e seja o mais criativo que quiser, experimentando pratos de diferentes países como comida italiana, mexicana, chinesa ou indiana.

4. Experimente uma refeição à base de vegetais ou vegana, uma ou duas vezes por semana.

Outra ferramenta disponível que eu recomendo muito é o Guia Alimentar para a População Brasileira – ele foi muito elogiado internacionalmente e apresenta muitos aspectos da alimentação saudável. Sempre pode ajudar 😉

Beijinhos,

Daniela


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.