Atendimento personalizado e exclusivo

Nutricionista

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone

© 2019 por Daniela Pane. 

 

Consulte as próximas datas disponíveis!

 

CONTEÚDOS ABORDADOS

 

As possíveis formas de conduzir a introdução alimentar.

BLISS? Baby Led Weaning? Papinhas amassadas no garfo? Começo pela fruta ou pela proteína? As correntes, tradições e recomendações pediátricas variam. Falaremos sobre elas sob os olhos da ciência e práticas individuais de cada um.

 

O que e como um bebê precisa comer.

Pode comer de tudo? Qual é o problema com o ovo? É possível fazer a introdução alimentar sem carne? Ofereço na colher ou deixo pegar com a mão? Existem diversas recomendações de cardápio para um bebê em fase de introdução alimentar. Falaremos sobre alimentos específicos, índices alérgenos, os principais nutrientes dos alimentos para construir, baseado na necessidade e características de cada família, conclusões sobre o como e o que oferecer para cada bebê.

 

Como evitar a perda de nutrientes.

Sabemos que os processos de cozimento e congelamento são responsáveis pela perda de nutrientes dos alimentos. A orientação inclui dicas para diminuir esse risco, com combinação de alimentos, práticas de cozinha e muito mais.

 

Cardápio balanceado.

Nossa conversa se estende para a composição do pratinho: quais alimentos devem compor uma refeição balanceada na fase de introdução alimentar, garantindo as necessidades dos bebês nessa etapa, sem deixar de considerar os aspectos individuais, como a quantidade de amamentação, se está em aleitamento materno ou complementar, quais os alimentos favoritos da família, o que é possível ser preparado e etc.

 

Combinações Inteligentes.

Sabemos que alguns alimentos em combinação com outros tem efeitos de absorção de nutrientes diferentes. Nessa parte da conversa pretendemos focar nas combinações inteligentes, que aproveitam o melhor dos alimentos, do ponto de vista nutricional.

 

Organização da rotina.

Lista de compras, quando cozinhar, validade dos alimentos, estratégias espertas para usar a rotina à seu favor e manter a variedade dos alimentos do bebê - e da família - constante, sem sucumbir à falta de opção gerada pela falta de tempo.

 

Produtos Industrializados.

Sabemos que alimentos naturais e não processados são a indicação correta para alimentação humana, em qualquer idade. Mas os alimentos industrializados podem atuar como aliados em algumas combinações e momentos, e de fato, existem alguns alimentos minimamente processados que podem fazer parte do cardápio de bebês. No entanto, é preciso estar muito atento à sua composição. Como nossa política de rotulagem no Brasil é extremamente vaga, ampliar a consciência e aprender sobre os ingredientes e formulação dos alimentos industrializados é uma forma de fazer escolhas saudáveis e bem informadas. Nessa conversa, deciframos os rótulos e aprendemos a interpretá-los.

 

Mitos e Verdades

Minha mãe falou que não pode dar banana nanica! Os alimentos crus desenvolvem a musculatura da boca! Não pode amamentar depois da refeição! Nessa parte da conversa falaremos sobre os mitos e verdades que circulam o universo da introdução alimentar.

 

Receitinhas

Estaremos reunidos também para troca de receitas, com dicas saborosas, nutritivas e práticas para bebês e para a família. 

com Daniela Pane

Nutricionista pela FSP/USP, Dani também é mestra e doutora na área e tem feito de sua vida pessoal e profissional área de pesquisa e experimentação acerca da introdução alimentar. De um lado, a formação acadêmica a coloca em contato com as recomendações e dados mundiais mais atualizados da esfera da saúde dos infantes, enquanto do outro, o dia a dia com dois filhos pequenos e o atendimento individual como nutricionista transforma todo o conhecimento em prática. Culinarista experiente, compartilha seus conhecimentos e oferece suporte nutricional para famílias desde 2010.